19 de novembro de 2016

Crepúsculo



- É que tudo mudou rápido, rápido demais. Eu não esperava. E tudo que eu assumia como verdade se foi num piscar de olhos e num soluço.
- Mas ah, menina, metamorfose - principalmente inesperada - é algo que você ainda vai ver muito.
- Agora já tenho ciência disso.
- Mas tem medo. E não deveria.
- Por que não?
- O mundo muda, tudo muda, todo mundo muda. Temer isso é temer viver.
- E como se vive sabendo que se está sujeito a rasteiras a qualquer momento, vindas de qualquer lado?
- Ah, aí você se antecipa, já sabendo que vai acontecer. Todo mundo te decepciona um dia.
- E daí se eu já souber? Vai doer do mesmo jeito. E isso me parece um pouco pessimista.
- Muito pelo contrário: torna-se muito mais fácil aceitar e perdoar. Não é mais nada que te pegue de surpresa - era só questão de tempo. Além disso, quem se importa de verdade permanece. E é assim que o tempo mostra quem deveria ir e quem deveria ficar.
- Bom, não significa que é o que eu queria.
- E desde quando o que a gente quer é sempre o melhor, menina?

nota: o título tem dois sentidos, mas nenhum tem a ver com o filme.

6 comentários:

  1. Isso foi uma facada no meu coração. Tu põe uns textos muito, realidade da vida, nesse teu blog. Arrasa muito.

    ResponderExcluir
  2. Texto lindo e blog lindo. Você coloca muita verdade no que escreve, e isso passa pra gente, no entanto, eu acho que: por mais que saibamos que a vida está sempre fadada as mudanças, nos sempre teremos medo de metamorfosear. É sempre assim: o medo acaba por consumir quando algo/alguém/situação esta prestes a mudar, mesmo que não esteja bom daquele jeito e saibamos que as escolhas, na maioria das vezes, não cabe a nós.
    Amei Debee :)))))))))))))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo muito contigo! É quase como se eu fosse a garota teimosa do texto. O "moço" não me convence totalmente, mas o que ele fala faz sentido. De qualquer maneira, seguimos com medo e vulneráveis, né? <3 saudade de ti aqui!

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que, te todos, esse é o meu preferido. É tão verdadeiro, tão bem escrito, tão lindo... Sou fã mesmo!

    ResponderExcluir