3 de janeiro de 2017

Não vou sentir a sua falta



Pode acreditar: não vou sentir a sua falta, 2016.

Você me fez duvidar de mim, me pressionou e me pôs à prova. Ainda me lembro de todas as vezes em que, sozinha, com fones de ouvido e uma playlist regada a Daughter, The Civil Wars e The Fray, solucei desesperadamente no escuro. Eu me lembro de cada crise existencial e de cada dúvida interna de que as coisas dariam certo. De cada grito pro silêncio. De cada lágrima misturada à água do chuveiro.

Sabe, pensei que fosse morrer por dentro ou que estivesse em depressão (e talvez estivesse); senti um vazio que só aumentava a cada dia. A comida não tinha mais sabor, o estudo não tinha mais motivo, o céu não tinha mais cor. Deixei de fazer as coisas de que mais gostava: dançar, gravar vídeos, ler, escrever. E no meio disso tudo, ainda vi amigos próximos sendo também tragados por você. Sinceramente, eu não te aguentava mais.

E é por isso que mal podia esperar pra que você desse as costas. Agora que finalmente aconteceu, tô em outros: outra vibe, outro tempo, outra cabeça. Talvez esteja cedo pra fazer comparações, mas sinto que serão melhores (a vibração, o tempo, a mentalidade). Ainda assim, uma parte de mim se despede grata: essas flores em mim, antecedentes de frutos, não teriam despontado sem as dores. Não viveria tudo de novo, mas resta lidar com o que ficou por aqui.

Então, o que ficou é um orgulho enorme dessas suturas que agora me acompanham e, não demora muito, vão cicatrizar. Daqui em diante, prefiro não olhar mais pra você. E tudo vai ser melhor. Não acha que estou linda com essas flores novas? 

2017 acha.

Gente, feliz ano novo! Queria fazer duas ressalvas. Primeiro: não, não estou desconsiderando as coisas boas de 2016 neste texto. Segundo: vocês entenderam o final dele? Contem nos comentários e, caso contrário, é só perguntarem que eu explico! <3

12 comentários:

  1. GAROTA TU É LACRADORA MESMO HEIN?!?! Miranduda tu colocou em palavras todo o sentimento ruim que eu tive esse ano e ler isso tirou um peso das minhas costas em ter a certeza de que não senti isso sozinha. Não sei se esse final significa isso, mas pra mim significou que todas as dores e lutas de 2016 te fizeram crescer, amadurecer e se tornar uma pessoa melhor (pelo menos foi o que aconteceu comigo). Feliz ano novo Debee! Que Deus te abençoe e te conceda um ano melhor! Te amo e obrigada pela amizade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MENINA, DESCULPA A DEMORA PRA RESPONDER! Fiquei relapsa. Fica chateada comigo se eu ficar feliz de não ter sido a única me sentindo assim sobre o ano??? Nossa, é que às vezes eu penso que é drama meu. Então saber que tu também se sentiu assim me alivia um pouco <3 (mas nunca desejaria que tivesse sido assim pra ti!).
      Te amo, e DISPONHA SEMPRE!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Ah, sim! Na verdade é simples, mas sempre receio que não entendam na totalidade. Como já tinha acontecido um processo de personificação do ano, ela pergunta pra ele se não tá linda e já diz que 2017 acha, como se 2016 dissesse que não - porque ele é mau e insensível com ela, então não seria diferente. Já 2017, mais gentil e amoroso, acha. Entende? <3

      Excluir
  3. Isso aí, muita gente transformada depois desse ano. Mas agora é tempo de alegria e aproveitar as flores que nasceram 😁
    Quero saber mais sobre esse final 😆

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo! 2016 já passou e fica pra história agora! hihi

      - Sobre o final: na verdade é simples, mas sempre receio que não entendam na totalidade. Como já tinha acontecido um processo de personificação do ano, ela pergunta pra ele se não tá linda e já diz que 2017 acha, como se 2016 dissesse que não - porque ele é mau e insensível com ela, então não seria diferente. Já 2017, mais gentil e amoroso, acha. Entende? <3 -

      Excluir
  4. AI DEBEE EU TAMBÉM TÔ NESSA
    2016 não foi o meu último ano do colégio (2017 é o famigerado ~ano da formatura~), mas ô dias difíceis que eu passei, hein! Acredito que foi um ano pra eu cair na real, entender o que eu quero e me esforçar para tal. Sei que 2017 não vai ser um ano fácil, mas estou pronta pra encarar o que está disposto pra mim. Cultivar pra depois colher os frutos <3

    Beijinhos!
    http://aquelamalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, linda <3<3<3 tava com muita saudade de ti por aqui!! Vai dar tudo certo. Se eu consegui, tu com certeza consegue.

      Excluir
  5. O ano de 2016 não foi fácil, mas 2017 será melhor. A gente precisa acreditar que tudo vai mudar e se esforçar pra que isso aconteça.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  6. Debee, eu adoro a forma simples que você escreve e o modo como consegue passar aquilo que está dentro de você!
    É difícil falar de 2016 hoje, já em 2017 — há 30 dias vivendo nele, especificamente —. Me faz lembrar de momentos incríveis que nunca voltarão a se repetir; de companhias deliciosas, de sensações... que me tiravam o fôlego. Mas, simultaneamente, me faz sentir um amargo de acontecimentos inesperados que, felizmente, hoje são só cicatrizes, mas que quase me fizeram perder a cabeça na época.
    Sei que estamos em estados diferentes, cidades diferentes com pessoas diferentes, mas tudo o que eu li parece ter sido escrito por mim. Parece que você vivenciou cada alegria e cada dor minha.
    Você é especial! <3

    XOXO,
    Cartas para Carolaine // @cartasparacarolaine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh, menina <3 o que dizer desse teu comentário tão gostoso de ler? Sempre fico sem resposta. Tu é duplamente especial. Espero que a gente continue nessa troca de textos e sentimentos, porque amo os teus igualmente (talvez até mais!). ♥

      Excluir